Fechar
Matérias veiculadas em TV

Vale faz balanço positivo de 2013 em Moçambique

13/3/2014 -
Diretor Ricardo Saad enumerou as conquistas da empresa no ano passado no país africano em entrevista a canal local

Dificuldades com a transmissão?
Clique aqui para obter ajuda (em inglês).

Áudios

  • 04/04/2014

    Vale leva Jorge Aragão, Elba Ramalho e Fernandinho para festa de 101 anos de Marabá

     
  • 27/03/2014

    Memorial Minas Gerais Vale recebe última mostra do Ciclo de Exposições de Jovens Artistas

     
  • 27/03/2014

    Curador do Memorial Minas Gerais Vale fala sobre Ciclo de Exposições de Jovens Artistas 2013-2014

     
ver todos
Fechar
Conteúdos para Rádios

Vale leva Jorge Aragão, Elba Ramalho e Fernandinho para festa de 101 anos de Marabá

04/04/2014 - 1'1"
Os cantores Jorge Aragão, Elba Ramalho e Fernandinho vão ser as atrações principais de uma série de shows que vão ser realizados em comemoração aos 101 anos de Marabá. (04/04/2014)

Dificuldades com a transmissão?
Clique aqui para obter ajuda (em inglês).
Fechar
Conteúdos para Rádios

Memorial Minas Gerais Vale recebe última mostra do Ciclo de Exposições de Jovens Artistas

27/03/2014 - 2'33
Quem aprecia arte contemporânea e quer conhecer o que há de mais novo na produção artística mineira, não pode perder a última mostra do Ciclo de Exposições de Jovens Artistas 2013-2014, que chega ao Memorial Minas Gerais Vale, em Belo Horizonte. Desta vez, o público vai poder conferir a exposição do artista plástico mineiro Estandelau, de 30 anos, que estará aberta a partir do dia 2 de abril. 27/3/2014

Dificuldades com a transmissão?
Clique aqui para obter ajuda (em inglês).
Fechar
Conteúdos para Rádios

Curador do Memorial Minas Gerais Vale fala sobre Ciclo de Exposições de Jovens Artistas 2013-2014

27/03/2014 - 2'1
Em entrevista, o curador do Memorial Minas Gerais Vale, Eduardo de Jesus, fala sobre o Ciclo de Exposições de Jovens Artistas 2013-2014. O projeto leva ao público o panorama da produção artística contemporânea mineira. 27/3/2014

Dificuldades com a transmissão?
Clique aqui para obter ajuda (em inglês).

Fotos

ver galeria
Fechar
Matérias veiculadas em TV

Navio Valemax chega à Malásia

24/03/2014
Berge Everest é o primeiro navio da classe Valemax a atracar no centro de distribuição de Teluk Rubiah, na Malásia
Fechar
Matérias veiculadas em TV

Navio Valemax chega à Malásia

24/03/2014
Berge Everest é o primeiro navio da classe Valemax a atracar no centro de distribuição de Teluk Rubiah, na Malásia
Fechar
Matérias veiculadas em TV

Navio Valemax chega à Malásia

24/03/2014
Berge Everest é o primeiro navio da classe Valemax a atracar no centro de distribuição de Teluk Rubiah, na Malásia
Fechar
Matérias veiculadas em TV

Navio Valemax chega à Malásia

24/03/2014
Berge Everest é o primeiro navio da classe Valemax a atracar no centro de distribuição de Teluk Rubiah, na Malásia
Fechar
Matérias veiculadas em TV

Navio Valemax chega à Malásia

24/03/2014
Berge Everest é o primeiro navio da classe Valemax a atracar no centro de distribuição de Teluk Rubiah, na Malásia

Vale na Imprensa

veja todos

Busca



A Empresa

Serviço ao Jornalista


Pelo terceiro ano consecutivo, a Vale foi eleita pelos jornalistas na categoria Mineração.
Fechar
Internacionais

Vale está confiante em alinhar parceria para carvão na Austrália e Moçambique

Reuters - 3/4/2014 08:08:00


A brasileira Vale espera alinhar uma parceria para suas operações de carvão na Austrália e em Moçambique apesar das fracas condições que a indústria enfrenta, disse seu presidente nesta quinta-feira. A Vale havia dito anteriormente que buscava vender de 15 a 25 por cento de participação em suas operações de carvão, incluindo a mina Moatize em Moçambique e as minas Carborough Downs, Integra e Isaac Plains, e projetos não desenvolvidos na Austrália.

O presidente-executivo Murilo Ferreira disse nesta quinta-feira que as minas australianas da companhia têm "muitos problemas", mas que a empresa mantinha uma visão de longo prazo para a indústria.

"Nós temos potenciais investidores com a mesma visão, baseada em uma operação de longo prazo. E, com certeza, eles apreciam ver uma parceira conosco", disse Ferreira em Melbourne, na Austrália.

Ele não quis comentar sobre com quem a empresa está conversando.

Questionado se a companhia considera fechar alguma de suas minas australianas, Ferreira disse não ter visto nenhuma análise dos funcionários locais que pedia pelo fechamento de minas.

Ele também afirmou estar confortável com as operações da empresa em Moçambique apesar de ameaças de segurança e disse que a Vale deve estar apta a anunciar em breve uma joint venture para seus negócios de ferrovias no país.

Esta semana, a companhia suspendeu as operações na linha ferroviária de carvão Moatize-Beira, após um de seus trens ser atingido por tiros, ferindo o maquinista.

Ferreira reiterou também seu compromisso com austeridade na companhia, dizendo que não irá buscar aquisições, focando em impulsionar os retornos para acionistas com a ajuda da abertura da mina de minério de ferro em Carajás neste ano.

"O dinheiro pode ficar muito melhor nas mãos de nossos acionistas", disse.

A nova mina vai aumentar a capacidade de minério de ferro da Vale em 30 por cento, para quase 400 milhões de toneladas por ano.

O executivo espera que os preços de minério de ferro fiquem entre 100 e 125 dólares por tonelada nos próximos um a dois anos.

"Eu acredito fortemente que temos bons fundamentos", disse Ferreira sobre os negócios de minério de ferro, acrescentando que analistas que preveem fortes quedas nos preços do produto falharam em considerar o desafio de substituir reservas de minério de ferro.

Fechar
Informações financeiras

BNDES aprova R$ 6,2 bi para projeto da Vale na Serra Sul em Carajás

Valor Econômico - 16/4/2014


A Vale deu mais um passo na estrutura financeira do projeto de minério de ferro S11D, na Serra Sul de Carajás, no Pará. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou ontem a aprovação de financiamento de R$ 6,2 bilhões para o S11D, incluindo a parte de logística do empreendimento. O empréstimo equivale a 16,2% do investimento total no S11D, de R$ 37,8 bilhões. Em dólares, o projeto está orçado em US$ 19,6 bilhões.

Fechar
Logística

O superporto da Vale

O Estado de São Paulo - 4/7/2014

Mineradora investirá R$ 7 bi em logística portuária até 2017; 70% desse total vai para o Terminal de Ponta Madeira, no Maranhão

Do avião, na chegada à capital maranhense, já é possível ver a mega estrutura que avança pela Baía de São Marcos. É o Píer IV do Terminal de Ponta da Madeira, da Vale. Com 1,6 mil metros, é apenas uma pequena amostra do terminal que pertence à mineradora brasileira e ocupa uma área de 18,3 km². A construção do quarto píer é um dos projetos no orçamento de R$ 7 bilhões da companhia para logística portuária até 2017.

Clique abaixo para ler a matéria completa.

Fechar
Internacionais

Vale está confiante em alinhar parceria para carvão na Austrália e Moçambique

Reuters - 4/3/2014


A brasileira Vale espera alinhar uma parceria para suas operações de carvão na Austrália e em Moçambique apesar das fracas condições que a indústria enfrenta, disse seu presidente nesta quinta-feira. A Vale havia dito anteriormente que buscava vender de 15 a 25 por cento de participação em suas operações de carvão, incluindo a mina Moatize em Moçambique e as minas Carborough Downs, Integra e Isaac Plains, e projetos não desenvolvidos na Austrália.

O presidente-executivo Murilo Ferreira disse nesta quinta-feira que as minas australianas da companhia têm "muitos problemas", mas que a empresa mantinha uma visão de longo prazo para a indústria.

"Nós temos potenciais investidores com a mesma visão, baseada em uma operação de longo prazo. E, com certeza, eles apreciam ver uma parceira conosco", disse Ferreira em Melbourne, na Austrália.

Ele não quis comentar sobre com quem a empresa está conversando.

Questionado se a companhia considera fechar alguma de suas minas australianas, Ferreira disse não ter visto nenhuma análise dos funcionários locais que pedia pelo fechamento de minas.

Ele também afirmou estar confortável com as operações da empresa em Moçambique apesar de ameaças de segurança e disse que a Vale deve estar apta a anunciar em breve uma joint venture para seus negócios de ferrovias no país.

Esta semana, a companhia suspendeu as operações na linha ferroviária de carvão Moatize-Beira, após um de seus trens ser atingido por tiros, ferindo o maquinista.

Ferreira reiterou também seu compromisso com austeridade na companhia, dizendo que não irá buscar aquisições, focando em impulsionar os retornos para acionistas com a ajuda da abertura da mina de minério de ferro em Carajás neste ano.

"O dinheiro pode ficar muito melhor nas mãos de nossos acionistas", disse.

A nova mina vai aumentar a capacidade de minério de ferro da Vale em 30 por cento, para quase 400 milhões de toneladas por ano.

O executivo espera que os preços de minério de ferro fiquem entre 100 e 125 dólares por tonelada nos próximos um a dois anos.

"Eu acredito fortemente que temos bons fundamentos", disse Ferreira sobre os negócios de minério de ferro, acrescentando que analistas que preveem fortes quedas nos preços do produto falharam em considerar o desafio de substituir reservas de minério de ferro.

Fechar
Inovação e Tecnologia

Liberdade, abre as asas sobre nós

O Globo / Blog do Ancelmo - 4/2/2014


No dia em que o golpe militar fez 50 anos, Liberdade foi o valor mais compartilhado na internet e nas redes sociais no Brasil e na América do Sul. O dado é do Índice de Novos Valores (INV), ferramenta de monitoramento on-line lançada pela Vale que acompanha, em tempo real, os principais desejos e preocupações da sociedade em diferentes países, na internet e nas redes sociais. No dia 31 de março, entre os valores monitorados pelo INV, Liberdade disparou na frente, alcançando 9,78% no Facebook, 11,52% no Twitter e 12% na web na América do Sul.

Leia a nota completa no Blog do Ancelmo