Fechar Fechar

Funcionária da Vale sorrindo em paisagem verde. Ela veste uniforme verde
da vale, oculos, capacete e protetores auriculares Artefato visual de onda Vale
com.liferay.portal.kernel.util.DateUtil_IW@7805e491
Fotógrafo: Ricardo Teles
com.liferay.portal.kernel.util.DateUtil_IW@7805e491
Fotógrafo: Ricardo Teles

Vale no Pará

No Pará, abrigamos o maior complexo minerador do Brasil, responsável pelo maior investimento privado já realizado no país na segunda década do século XX.

O S11D inclui mina, usina, logística ferroviária e portuária e trouxe um novo impulso ao desenvolvimento econômico e social na região. Nossa produção de minério de ferro pode ser encontrada nas unidades de Serra Norte, Serra Leste e Serra Sul. Em Serra Norte, além do ferro, também produzimos manganês. Já a produção de cobre e níquel é feita nas minas do Sossego, Salobo e Onça Puma.
seta-direita Deslize a tela para ver mais

Balanço Vale +

40 anos de relacionamento com o povo Xicrin

Em comemoração, nosso presidente, Eduardo Bartolomeo, visitou a aldeia-mãe, no sudeste do Pará. Esta foi a primeira vez que um CEO da Vale visita as terras de um dos 13 povos indígenas no Brasil com os quais temos relacionamento. A celebração marcou uma nova fase de relacionamento entre o povo Xikrin do Cateté e nossa empresa, que recentemente renunciou a todos os seus direitos minerários em terras indígenas. Outro destaque foi a mudança do nome do Parque Zoobotânico Vale, localizado na Floresta Nacional de Carajás, em Parauapebas/PA. Agora somos o BioParque Vale Amazônia. Um dos principais centros de pesquisa, conservação e educação da biodiversidade Amazônica na Região Norte do país.
Fotógrafo: Salviano Machado
Onda

Visite a Vale de onde estiver 

Nossas iniciativas 

Navegue pelas abas e conheça mais sobre nossas ações na região 

Fotógrafo: Alexandre Rezende

Sustentabilidade

Bioparque Vale Amazônia

Localizado na Floresta Nacional de Carajás, o BioParque Vale Amazônia é referência no trabalho de proteção às espécies e promoção de conhecimento ambiental. O espaço conta com 30 hectares de floresta nativa, o que permite a livre circulação de mais de 270 animais divididos entre aves, cutias e macacos nas áreas de visitação. Nos últimos 10 anos, mais de 1,1 milhão de pessoas visitaram o local.

Fotógrafo: Anderson Souza

Floresta Nacional de Carajás

Desde 1985, início da operação da Vale em Carajás, ajudamos a cuidar da Floresta Nacional de Carajás, uma das regiões mais ricas do Brasil e do mundo em biodiversidade. Nossa área de concessão abrange cerca de 411 mil hectares de mata preservada e nós ocupamos apenas 1,4% desse montante. 

Fotógrafo: Ricardo Teles

Nossa operação

Fotógrafo: Ricardo Teles

Unidade Serra Norte – Carajás

No complexo mineral de Carajás/Serra Norte, no município de Parauapebas, temos a maior mina de minério de ferro a céu aberto do mundo e atingimos o maior teor de pureza de ferro e mínima concentração de contaminantes no produto. Atualmente, o complexo é responsável por 150 milhões de toneladas de ferro por ano.
Fotógrafo: Ricardo Teles

Unidade Serra Sul S11 D

Localizado em Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará, o S11D é o maior complexo minerador da história da Vale. A operação integra produtividade com respeito pelas pessoas, tecnologia e inteligência ambiental. O Serra Sul traz soluções como o sistema truckless, que substitui os tradicionais caminhões fora de estrada por correias transportadoras, reduzindo em cerca de 70% o consumo de diesel, e o processo de beneficiamento do minério a umidade natural, dispensando o uso de água. Com isso, reduzimos o consumo de água em 93%, o consumo de energia e eliminamos o uso de barragem de rejeito.
Fotógrafo: Ricardo Teles

Unidade Salobo

A mina de Salobo, em Marabá, sudeste paraense, é classificada como depósito de cobre de classe mundial. Isso representa que possuímos uma reserva mineral de 1,15 bilhões de toneladas de cobre. A operação integra lavra a céu aberto, beneficiamento, transporte e embarque da rodovia, na mina, até o terminal rodoviário de Parauapebas (PA).
Fotógrafo: Ricardo Teles

Unidade Sossego

Localizada no município de Canaã dos Carajás, a operação, iniciada em 2004, ocupa hoje a posição de primeira mina de cobre da Vale. A unidade reutiliza 99% de toda à água empregada no seu processo de produção, o que representa uma economia anual de 900 mil metros cúbicos de água, suficiente para abastecer uma cidade de 25 mil habitantes por seis meses.
Fotógrafo: Ricardo Teles

Unidade Onça Puma

Somos a maior produtora global de níquel, um dos metais mais versáteis do mundo. Foi na mina de Onça Puma, em Ourilândia do Norte, no Pará, onde a operação começou, em 2011.
Fotógrafo: Salviano Machado

Unidade Serra Leste

A mina de Serra Leste, no município de Curionópolis, entrou em operação em 2014 e utiliza o processo de beneficiamento a seco (umidade natural), garantindo um menor consumo de água, energia e reduzindo custos operacionais e o impacto ambiental.
Fotógrafo: Salviano Machado

Unidade Manganês do Azul

No Complexo Minerador de Carajás, também produzimos, desde 1985, manganês na Mina do Azul. Presente na composição de diversos objetos, o manganês é o quarto metal mais utilizado no mundo e faz parte do nosso dia a dia, sendo também essencial para a fabricação de aço e ferroligas.

Transporte

Estrada de Ferro Carajás

A Estrada de Ferro Carajás entrou em operação em 1985, com seus primeiros 15 km de extensão, após mais de uma década de estudos de viabilidade. Hoje, ela conecta os estados do Pará e Maranhão, percorrendo 28 municípios em 1002 km de ferrovia. Por ali, passam 68 trens, 276 locomotivas e mais de 20 mil vagões, que transportam cargas de minério de ferro, manganês, ferro-gusa, cobre, níquel grãos, combustíveis e celulosa.

A ferrovia também abriga o Trem de Passageiros, que é capaz de transportar até 1.500 pessoas em uma única viagem – o equivalente à capacidade de 28 ônibus ou 325 veículos. Na EFC operamos a maior distância entre pontos de partida e chegada dentro do Brasil, com 861 km, 15 pontos de parada e 27 municípios atendidos. A viagem completa dura 16 horas.

Fotógrafo: Anderson Souza

Destaques

ITV

Trem de passageiros 

Espaço Memória

Casa de Cultura
Fotógrafo: Ricardo Teles
Onda

Notícias

button-prev button-next
Image with text "Transform mining today is transforming everyone

Juntos para Transformar

Transform Together

 
Artefato visual de onda Vale
Foto da parte de um carro azul onde coloca combustível.

Vale e GM assinam contrato de longo prazo para fornecimento de níquel, crítico para a cadeia de veículos elétricos da América do Norte

A iniciativa destaca a posição estratégica da Vale para ser o fornecedor de escolha para a indústria de veículos elétricos, alavancando sua baixa pegada de carbono e posição de liderança de mercado como o maior produtor de níquel refinado da América do Norte.

 
Artefato visual de onda Vale
Ilustração de figuras geométricas. Ao fundo uma figura representando o céu com sol. A outra parte da imagem é ocupada por um fundo verde e outro laranja e, em primeiro plano, há diversos triângulos verdes.

Assembleia Geral Extraordinária 2022

A Vale convoca seus acionistas para a AGE em dezembro. O prazo para inscrição é até dia 19 de dezembro

 
Artefato visual de onda Vale
Ícone do desenho de um telefone

Vale divulga desempenho do 3T22

Confira as datas de divulgação dos relatórios e os dados de conexão para as teleconferências de resultado

 
Artefato visual de onda Vale
moça com uma touca e camiseta amarela

Em evento da ONU, vice-presidente da Vale destaca projetos de geração de renda para mulheres em alta vulnerabilidade social

According to the Institute of Applied Economic Research (IPEA), there was a big jump in the number of households headed by women in Brazil.

 
Artefato visual de onda Vale
seta-direita Deslize a tela para ver mais